YOGA SUTRAS DE PATAÑJALI, I.6

Patanjali ouroI.6 – PRAMĀṆA-VIPARYAYA-VIKALPA-NIDRĀ-SMṚTAYAḤ

Patañjali nesse sūtra nomeia os cinco tipos de vṛttis: conhecimento correto, concepção errônea, ilusão verbal, sono e memória, que serão esmiuçados nos sūtras subsequentes.

Iyengar sustenta que pramāṇa significa conhecimento válido, conhecimento experimentado, conhecimento correto que é estudado e verificado, prova ou evidência, viparyaya invertido, pervertido ou contrário, vikalpa dúvida, indecisão, hesitação, fantasia, imaginação ou sonhar acordado, nidrā sono ou estado de vazio e smṛtayaḥ memória, daí traduzindo o sūtra como “elas são causadas pelo conhecimento correto, conhecimento, ilusão/engano, sono e memória.” Esse quinteto de flutuações ou modificações da consciência está baseado na percepção real ou conhecimento correto baseado em fato e prova, percepção irreal ou pervertido ou ilusão, conhecimento imaginário ou fantasioso, conhecimento baseado no sono e memória.

A consciência tem cinco tipos qualitativos de inteligência: mūḍha (tolo, estúpido ou ignorante), kṣipta (negligente ou distraído), vikṣipta (agitado ou disperso), ekāgra (focado ou concentrado) e niruddha (contido ou controlado). Desde que a inteligência consciente é de cinco tipos, as flutuações também são classificadas em cinco tipos: conhecimento correto, percepção pervertida, imaginação, conhecimento baseado no sono e memória.

As percepções incorretas (viparyaya) são coletadas pelos sentidos da percepção e influenciam a mente a aceitar o que é sentido por eles. O conhecimento fantasioso (vikalpa) faz com que a mente viva num estado imaginário sem considerar os fatos. A memória (smṛti) ajuda a recolher experiências para entendê-las corretamente. O sono (nidrā) tem sua própria peculiaridade: a consciência está vazia no sono; no sono, se tem uma percepção rápida do estado aquietado da mente, manolaya. Esse estado de dormência da mente é sentido somente no despertar.

O conhecimento correto (pramāṇa) é conhecimento direto a partir do âmago do ser. É intuitivo, portanto, puro e além do campo do intelecto. O conhecimento direto leva o homem para além do estado de consciência. Esse estado de consciência é chamado amanaskatva.

Marcia Neves Pinto

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s